Talharim à parisiense

O macarrão à parisiense pode ser feito com diversas massas (penne, espaguete, talharim, etc.) e também encontramos na internet uma variedade de ingredientes para o molho. Tradicionalmente o molho à parisiense é feito com: molho béchamel, presunto e ervilha mas podemos acrescentar outros ingredientes como cogumelo, frango desfiado, etc.

 “O molho béchamel se obtém cozinhando farinha de trigo (ou maisena) em manteiga ou margarina e depois diluindo esta mistura com o leite” (Wikipédia)

Eu queria fazer um talharim mas já estava cansada do molho à bolonhesa, então procurei na internet uma receita para o Talharim à parisiense. Não me dediquei muito à busca e fui logo resolvendo fazer uma receita do tudo gostoso. Claro que devido ao meu gosto pelos ingredientes algumas medidas foram alteradas. Então deixo aqui o link da receita e abaixo a receita que eu fiz.

Ingredientes:

1 pacote (500g) de talharim

1 peito de frango sem pele e desfiado

1 cebola

4 alhos bem amassados

1 caldo de galinha

150 g de presunto

1L de leite

2 colheres de sopa de maisena

1 copo de requeijão

1 caixa de creme de leite

150g mussarela ralada grossa

100g mussarela para gratinar

1 – Cozinhe e desfie o peito de frango e reserve. Não precisa colocar tempero por enquanto. DICA 1: Quando estiver com tempo cozinhe um peito de frango, desfie e guarde a carne já desfiada no freezer. Se não for usar toda a carne nesta receita também pode congelar. DICA 2: Guarde o caldo que cozinhou a carne para fazer sopa, arroz ou outros refogados durante a semana, ou coloque em formas de gelo e congele.

2 – Cozinhar o talharim até que fique al dente. Reservar.

3 – Em uma panela grande doure a cebola e o alho com manteiga ou azeite.

4 – Adicione o caldo de galinha, o frango desfiado, o presunto (quem gosta de presunto pode aumentar esta quantidade, eu não gosto de muito).

5 – Coloque em seguida o leite e a maisena (não se esqueça de dissolver a maisena em um copo de leite antes de colocar na panela) e espere o molho engrossar.

6 – Esta é a hora de acertar o sal.

7 – Este molho não pode ficar muito grosso, tem que ser um creme branco mais ralinho.

8 – Acrescente o creme de leite, o requeijão e a mussarela.

9 – Em um refratário vá colocando o talharim e o molho aos poucos e misturando com cuidado até colocar todo o molho e a massa.

10 – Finalize com a mussarela por cima e leve ao forno para gratinar.

Talharim à parisiense

Meus comentários: por ser a primeira vez que fiz este molho achei fácil e gostoso. Acho que acertei na consistência pois ele não ficou ralo (tive medo que isso fosse acontecer).

Numa próxima vez vou tentar fazer este molho de forma mais tradicional, usando a farinha de trigo e manteiga, para ver a diferença e se é mais fácil ou mais difícil de acertar.

Outra coisa: senti falta da ervilha, para dar uma cor ao prato. Achei que a apresentação ficou muito amarela ou branca. Faltou cor né?

Mas o mais importante de tudo: ficou bem gostoso.

Bom, como eu fiz uma quantidade de massa suficiente para um batalhão, aproveitei as marmitinhas que sempre deixo em casa e coloquei algumas para congelar, outras levei no dia seguinte para as meninas do trabalho e eu também almocei. Continuou gostoso, mas é claro que comida aquecida no micro-ondas não é a mesma coisa de quando foi feita na hora. Mas o que importa é cozinhar um dia e aproveitar os outros para fazer outras coisas não é?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s